Dark Light

Já passou pela situação de conseguir ler os códigos de falha com o scanner e não ter a descrição do código?

Os Códigos de Falha correspondem ao Protocolo OBD II (On Board Diagnostic Second Generation). Um sistema que permite diagnosticar os códigos de falha produzidos no veículo através de um equipamento de diagnóstico, sem necessidade de desmontagens prévias.

Aprenda a interpretar os códigos de falha conforme a sua configuração nesta matéria que preparamos para você.

Se preferir faça o download desse conteúdo em formato de e-book.

Dígito 1 – Designação de sistema.
O primeiro dígito refere ao sistema do veículo.

Dígito 1

B – BODY
Sistemas do habitáculo:(assistência, conforto, conveniência e segurança tais como: ar condicionado, airbag, imobilizador, áudio e travamento de portas)

C – CHASSIS
Sistemas da carroceria:(freio, direção, suspensão, tração)

P – POWERTRAIN
Controle do motor e/ou da transmissão

U – NETWORK
Rede de comunicação entre sistemas

Dígito 2 – Tipo de DTC.
O segundo dígito informa se o código de falha é genérico ou específico de alguma montadora.

Caso o segundo dígito do código seja 1, ele é específico da montadora, caso contrário, é genérico, conforme a tabela.

Dígito 2
GenéricoEspecífico
0B0, C0, P0 ou U0
1B1, C1, P1 ou U1
2P2B2, C2 ou U2
3B3, C3, P34 a P3F ou U3P30 a P33

Dígito 3 – Definição do sub-sistema.
O terceiro dígito informa qual o subsistema afetado pela falha.

O terceiro dígito informa qual o subsistema afetado pela falha.

Dígito 3

P00, P01, P02 – Combustível e medição de ar;

P03 – Sistema de ignição ou falha de combustão;

P05 – Velocidade do veículo, controle de marcha-lenta e entradas auxiliares;

P06 – Computador e saídas auxiliares;

P07,  P08,  P09 – Transmissão

P0A,  P0B,  P0C, P0D – Propulsão Hibrida

P0E, P0F, P2C a P2F – A ser utilizado no futuro

P20, P21, P22 – Combustível, medição de ar e controle de emissões

P23 – Sistema de ignição ou falha de combustão

P24 – Controles auxiliares de emissões

P25 – Entradas auxiliares

P26 – Computador e saídas auxiliar

P27, P28, P29  – Transmissão

P2A, P2B – Combustível, medição de ar e controle de emissões

P30 a P33 – Específico por montadora

P34 – Desativação de Cilindros

P35 a P3F – A ser utilizado no futuro

Dígito 4 e 5 – Natureza da Falha.

Os últimos dois dígitos representam a natureza da falha e direcionam o reparador ao diagnóstico com maior precisão, para diagnosticar no alvo do defeito.

00 a FF – Descreve a falha

Podem variar de 00 a FF, pois é baseado no sistema de numeração hexadecimal.

Conector de Diagnóstico – NORMA SAE J1962.

NORMA SAE J1962

Agora que você entendeu estrutura de um código de falha ficou simples entender como surgem todas as letras e números que aparecem no seu scanner.

Busque por Códigos de Falha de forma simples e rápida.

Na Oficina Conectada sabemos que muitos processos de reparação envolvem pesquisa, análise e avaliação. Da mesma forma, pensamos em ajudar o mecânico facilitando parte desse processo.

Por exemplo, a Ciclo Engenharia desenvolvemos um aplicativo com ferramentas elementares para que esses processos sejam realizados com eficiência. Nele você pode pesquisar por Códigos de Falha (DTC), converter unidades diretamente no seu celular. Para baixar o aplicativo para Android, basta clicar aqui.

Como resultado, no DIAGWEB também temos uma ferramenta de pesquisa para facilitar a consulta em quanto você navega pela informação técnica.

Códigos de falha - Diagweb DTC

Encontre diagramas elétricos, sincronismo, torques de aperto e oscilogramas do motor, caixas de fusível, plano de manutenção etc na plataforma mais tecnológica do Brasil. Faça um test-drive na Oficina Conectada Diagweb.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Ganha mais qualidade, tempo e dinheiro com a Oficina Conectada. 
Encontre diagramas elétricos, sincronismo, torques de aperto e oscilogramas do motor, caixas de fusíveis e muito mais. Mais de 3.000 oficinas já são parceiras e ganham destaque no mercado. Seja o próximo!

Total
1
Share